Entenda a importância da autoavaliação para sua carreira

Não importa qual profissão você exerce, fazer uma autoavaliação profissional é extremamente necessária. Com essa reflexão, será possível identificar em que ponto a sua carreira está e verificar o que é preciso para concluir as metas com sucesso.

Muitas empresas incentivam os funcionários a fazerem esse tipo de avaliação, porque é uma forma de promover um diálogo com os gestores. Além disso, a medida ajuda a corporação a compreender as motivações e as dificuldades dos empregados, o que contribui para executar ações voltadas para aumentar a produtividade da equipe.  

Neste artigo, vamos mostrar dicas para você fazer a sua autoavaliação profissional. Confira!

  1. Análise sua carreira

Fazer uma autoavaliação não é uma tarefa fácil, principalmente, se você nunca teve o costume de analisar a sua trajetória pessoal e profissional. Para começar, seja sincero, porque contar mentiras não vai ajudá-lo a evoluir.

Pense em como está a sua carreira, avaliando o início, o estágio atual e aonde pretende chegar. Procure traçar metas para serem atingidas em prazos de um ano ou cinco anos, por exemplo. Visualize o que é necessário para ser um profissional melhor (cursos de pós-graduação, certificações do setor em que atua, fluência em outros idiomas etc.).

  1. Faça perguntas a si mesmo

Após analisar o seu desempenho profissional, faça perguntas a si mesmo. Com as respostas, você saberá os aspectos que podem ser melhorados e como utilizar os seus pontos fortes. A recomendação é fazer alguns questionamentos, como:

- O que faço de melhor?

- Qual é a minha principal característica?

- Quais são as minhas dificuldades e como minimizá-las?

- Como posso contribuir mais para o sucesso da empresa onde trabalho?

  1. Administre suas deficiências e avalie sua capacitação

Se estiver com dificuldades para terminar as tarefas no prazo, procure alguma uma solução para melhorar. Também é válido questionar o que pode ser feito para alcançar as suas metas de forma eficiente.

Enxergar os seus erros não o transforma em um derrotado. Tente ver isso pela perspectiva de aprendizado e desenvolvimento. Aprendendo com os equívocos, você ganha mais experiência para lidar com problemas, o que ajuda a resolvê-los com mais facilidade.   

  1. Documente suas realizações

Relate detalhadamente a sua trajetória profissional. Para fazer isso, avalie os seguintes fatores:

- atividades executadas com sucesso;

- feedbacks positivos que recebeu para melhorar a performance;

- capacitações realizadas e que trouxeram bons resultados.

Dessa maneira, será possível analisar todas as conquistas e se manter motivado em sempre alcançar mais. Isso também ajuda a mostrar para os gestores como você tem contribuído positivamente para a empresa.

  1. Otimize seu tempo

Otimizar seu tempo é uma ação importante, foque no que é realmente vital para a sua carreira. Concentre-se em você, nas tarefas e nos objetivos. Evite conflitos prejudiciais ao seu desempenho no ambiente de trabalho.

É comum haver debates sobre como um projeto pode ser executado. Porém, as discussões devem ser baseadas no respeito e no bom senso. É fundamental que os funcionários tenham um bom relacionamento interpessoal, para que produtividade não seja afetada de forma negativa. 

  1. Adote diferentes pontos de vista

Ao analisar o nosso desempenho, contamos com opiniões diferentes de várias pessoas. O importante é ouvir essas ideias e avaliar todas as colocações que foram apresentadas. Não descarte as contribuições recebidas. Se está disposto a evoluir profissionalmente, é preciso saber ouvir e filtrar o que for relevante.

O sucesso na carreira depende exclusivamente dos seus esforços. Ao realizar uma autoavaliação profissional, você saberá os pontos que precisa trabalhar para evoluir. Essa iniciativa não servirá apenas para o seu ambiente de trabalho, mas também para a sua vida pessoal, sendo uma ótima chance de se conhecer melhor.

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard