Os benefícios do hackathon para as empresas

Incentivar o trabalho em equipe é uma meta desejada por muitas organizações. Para que isso se torne realidade, alguns gestores estão apostando no hackathon – maratona de programação que reúne profissionais de TI, design e de outros segmentos relacionados com o desenvolvimento de softwares.

Esse tipo de evento pode durar de um dia a uma semana. Os principais objetivos são:

- fortalecer a imagem da marca;

- fomentar a inovação;

- desenvolver novas técnicas e habilidades na organização;

- integrar os funcionários com foco no trabalho em equipe;

- e aprimorar o networking nos participantes.

Mas como adotar essa estratégia para promover a inovação, a motivação e a parceria entre os colaboradores? A resposta está nas dicas abaixo.

Adapte essa iniciativa às prioridades da empresa

Antes de tudo, é necessário identificar os problemas enfrentados pelos funcionários no dia a dia e também as necessidades da organização. Assim, fica mais fácil escolher os projetos que serão executados no hackathon.

É fundamental que a ideia seja clara, compreensível e inspiradora. Depois, é preciso formar as equipes com os interessados em participar da maratona.

Promova o evento num ambiente ideal

O hackathon pode ter atividades no ambiente de trabalho e em outros locais. Os ambientes devem ser confortáveis e permitir que haja momentos de troca de ideias, descontração e descanso.

Fomente a capacidade de liderança

A maratona de programação possibilita desenvolver novas habilidades nos colaboradores, como a capacidade de liderança. Além disso, proporciona a chance de os funcionários serem mais criativos ao saírem da estrutura tradicional da organização.

A medida torna a rotina de trabalho mais flexível e interessante, promovendo um maior engajamento nos empregados. 

 

Conheça algumas Iniciativas

No Brasil, os hackathons estão fazendo sucesso em empresas de diferentes setores. Para exemplificar, vamos mostrar organizações que deixaram de ser ‘desconectadas’ e recorreram a esses eventos.

- John Deere: realizou a maratona na Campus Party (maior evento de tecnologia da América Latina, promovido em São Paulo, no começo deste ano). O time vencedor criou um software para dar dicas aos agricultores para melhorar os resultados da plantação.

Isso é possível por meio da coleta de dados de tratores, colheitadeiras e do clima. A empresa está avaliando se a ideia é pertinente ou se pode ser integrada a outros softwares já existentes.

- Ambev: vai implantar o projeto vencedor do hackathon, feito em 2016. A proposta é uma tecnologia para combater a seca no semiárido brasileiro. A plataforma vencedora tem o intuito de conectar pessoas interessadas em doar dinheiro para ajudar na distribuição de água potável aos moradores da região. Os vencedores estão trabalhando na Ambev para aprimorar a iniciativa antes de lançá-la.

Além de produzir tecnologia, os eventos podem gerar oportunidades de trabalho para os participantes. O hackathon é mais do que desenvolver aplicativos e sistemas. É uma maratona de conhecimento, aprendizado e integração.

 

Referências:

https://www.opservices.com.br/o-que-e-um-hackathon/

http://g1.globo.com/tecnologia/hackathon/2017/noticia/empresas-desconectadas-recorrem-a-maratonas-hacker-para-inovar.ghtml

http://news.bizmeet.com.br/artigo/hackathon-apresenta-vantagens-para-empresas-a-partir-de-maratonas-de-programacao-inovadoras

 

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard