30/08/2017 11h50

Prodest lança ferramenta que indica nível de segurança de senhas

Você quer melhorar a segurança de suas senhas e evitar que pessoas não autorizadas acessem suas contas em serviços disponibilizados pela internet? Se a resposta é sim, não deixe de conhecer a ferramenta que avalia o nível de senhas, disponível no site do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest)

Para usar o serviço, o internauta deve escolher a opção “Avalie suas senhas agora!”. O próximo passo é digitar uma senha para avaliar o nível de complexidade. Assim, você terá diversas informações sobre o grau de segurança, por exemplo:

- nível de complexidade (escala de 1 a 100%);

- resultado (sugestão para trocar ou manter a senha);

- propriedades (comprimento, número, letras minúsculas e maiúsculas, caracteres especiais, entre outros);

- e estimativa de tempo para a senha ser quebrada em um ataque de força bruta, dependendo do dispositivo utilizado.

Dicas

Na página da ferramenta, você também pode conferir dicas valiosas para criar uma senha mais segura, como:

- ter letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais. Ex.: fQw-37*!PnB295_?;

- possuir um tamanho mínimo razoável (por exemplo, pelo menos entre 10 e 14 caracteres);

- não ser comum ou fraca (ex.: 123456, abdcefg, senha, senha01, qwerty, 1qaz2wsx, login, etc.);

- ser exclusiva (ou seja, não ser usada em mais de um site ou sistema);

- não possuir relação com dados pessoais do usuário (ex.: nomes, datas, placas de veículos etc.);

- não ser um nome próprio ou um sobrenome;

- não se referenciar a obras e a pessoas publicamente conhecidas (ex.: músicas, filmes, livros, artistas, etc.);

- e não ser uma palavra existente em dicionários de qualquer idioma.

“Como o Prodest é o órgão responsável pela segurança das informações do Governo do Estado, considero importante mostramos para o cidadão como é possível criar uma senha forte, que torna o acesso a serviços da internet mais seguro”, destacou o presidente do Prodest, Paulo Henrique Rabelo Coutinho.

Informações à Imprensa:

Eric Lopes Menequini / Prodest

(27) 3636-7173

comunicacao@prodest.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard