Governo do Estado do Espírito Santo
19/12/2023 10h09 - Atualizado em 21/12/2023 10h04

Rede de fibra óptica do Governo do Estado supera a marca de 40 municípios atendidos

Os serviços da rede de fibra óptica do Governo do Estado já estão sendo utilizados por 42 municípios capixabas. Esse alcance tem como principal motivo o Projeto ES Digital, que viabilizou a chegada de rede de alta velocidade para 36 cidades do interior.

 

Uma das consequências dessa expansão é que mais escolas, delegacias, hospitais e outras repartições do Poder Executivo Estadual estão conectadas com o Data Center do Estado, central de dados governamentais, que fica na sede do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest), em Vitória.

 

Levando em consideração os órgãos já contemplados na Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV), a rede de fibra óptica do Governo conta com  747 pontos. Em dois anos, houve um avanço de 332 pontos por causa do ES Digital, que tem como meta a implantação de pontos da rede de fibra óptica nos órgãos estaduais de 72 municípios, divididos em dois anéis (Norte e Sul).

 

Com uma estrutura de alta velocidade, os órgãos do Poder Executivo têm mais condições de copiar rapidamente grandes volumes de dados, como backups, vídeos e fotos; acessar em tempo real as imagens de câmeras de videomonitoramento; e utilizar a telefonia VOIP e videoconferências, viabilizando a redução de custos.

 

A ampliação da rede de fibra óptica governamental também possibilita aprimorar a arrecadação de impostos e aperfeiçoar o acompanhamento de processos administrativos e judiciais, favorecendo um melhor atendimento aos cidadãos.

 

Para o presidente do Prodest, Marcelo Cornélio, o investimento feito pelo Governo do Estado, por meio do Projeto ES Digital em redes de fibra óptica, é uma prova de que a transformação digital está se consolidando no Poder Executivo. “Neste ano, aplicamos R$ 19,44 milhões na expansão da rede. Com certeza, teremos o retorno desse investimento em serviços mais ágeis e eficientes para os capixabas”, enfatizou.

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação do Prodest

Eric Lopes Menequini

comunicacao@prodest.es.gov.br

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard