Governo do Estado do Espírito Santo
27/12/2022 10h00 - Atualizado em 27/12/2022 10h04

Observatório da Segurança Cidadã inova aproximando Estado e sociedade

Com mais de 4.800 votos, o Observatório da Segurança Cidadã do Espírito Santo (OSC-ES) foi escolhido pelo público como vencedor do Prêmio Inoves 2022, na categoria Voto Popular. O projeto foi criado pelo Governo do Estado, em 2019, com o objetivo de fomentar a participação social na área da Segurança Pública.

 

Coordenado pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), o Observatório da Segurança Cidadã reúne uma equipe multidisciplinar de pesquisadores que dirige e organiza o acesso a informações ligadas à segurança pública, permitindo sua disponibilização de forma transparente e unificada aos agentes públicos e toda a sociedade.

 

Nos quatro anos de existência, diversos trabalhos foram desenvolvidos no eixo de transparência. Atualmente, o site do OSC-ES disponibiliza quatro painéis com informações detalhadas sobre crimes patrimoniais e contra as pessoas, além de mais de 30 boletins de informações criminais já publicados. No eixo de estudos e pesquisas, foram produzidos vários trabalhos que visam a auxiliar a tomada de decisão baseada em evidências, em relação a temas como: armas de fogo, enfrentamento à violência contra a mulher, políticas de reintegração do preso e egresso, avaliação de impacto do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, avaliação de impacto da criação de Companhias Independentes da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), entre outros.

 

“O Observatório da Segurança Cidadã foi fundamental para estreitarmos os laços com a comunidade, colocando polícia e sociedade sentados na mesma sala de aula para debaterem estratégias de prevenção à violência e manutenção da ordem pública”, explicou o secretário de Estado de Governo e coordenador do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, Álvaro Duboc.

 

Além de apurar e disponibilizar informações ligadas à segurança pública, o Observatório da Segurança Cidadã busca aproximar, de forma inovadora, o Estado da sociedade. Por meio da promoção de cursos de capacitação, oficinas e seminários direcionados não somente aos agentes de segurança pública, mas também aos conselhos e lideranças comunitárias.

 

“Desenvolvemos cursos inéditos no Espírito Santo. Formamos mais de 130 analistas criminais e certificamos 30 policiais do alto nível estratégico, para introduzir aqui a abordagem considerada benchmark segundo os melhores departamentos de polícia do mundo. E ainda, de modo a estimular o movimento de comunitarização da segurança pública, articulamos com várias organizações e mobilizamos cidadãos em todas as microrregiões do Estado para participarem do Curso de Capacitação em Ordem Pública”, destacou o diretor-presidente do Instituto Jones dos Santo Neves (IJSN), Daniel Cerqueira.

 

“Neste ano, mais de 200 multiplicadores participaram do Curso de Capacitação em Ordem Pública e Segurança Cidadã, em 27 municípios de todas as regiões de segurança do Estado. Tivemos capacitação nas áreas do direito, segurança e gestão financeira, de modo a incentivar a implementação de conselhos comunitários nas suas respectivas comunidades”, apontou a coordenadora do Observatório, Bárbara Caballero.

 

Integração

 

O diretor de Integração do IJSN, Pablo Lira, ressaltou a importância do caráter integrador do Observatório, que conta com diversas parcerias em sua composição. “OSC-ES foi uma inovação implementada na segunda edição do programa Estado Presente em Defesa da Vida, com o desenvolvimento de uma instância que abriga a gestão da informação, a gestão do conhecimento e a gestão da tecnologia. Com ele podemos desenvolver pesquisas no campo da segurança pública e integrar informações relevantes à sociedade de forma transparente, além de subsidiar, com evidências científicas, as políticas públicas neste segmento”, pontuou Lira.

 

O Observatório trabalha em parceria com instituições e órgãos de governo como a Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), as secretarias de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), de Direitos Humanos (SEDH) e da Saúde (Sesa), entre outras. Conta ainda com a participação das Polícias Civil do Espírito Santo (PCES) e Militar (PMES), e do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES).

 

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) atuou no desenvolvimento tecnológico do Observatório da Segurança Cidadã, aplicando técnicas de BI – Business Intelligence, o que viabilizou a extração e a transformação dos dados para exibição em painel interativo.

 

A autarquia também é responsável por hospedar os dados, que ficam armazenados no Data Center do Estado. “O trabalho desenvolvido contribui para o Governo obter informações estratégicas e vitais para aperfeiçoar a segurança pública e ter mais condições de reduzir a criminalidade”, enfatizou o presidente do Prodest, Marcelo Cornélio.

 

Todo o trabalho desenvolvido pelo Observatório da Segurança Cidadã, as pesquisas e estudos e os painéis de indicadores criminais podem ser acompanhados no site www.ijsn.es.gov.br/observatorio-da-seguranca-cidada.

 

 

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação do IJSN
Eduardo Rabello
(27) 3636-8066 / 99892-5291
comunicacao@ijsn.es.gov.br

 

Assessoria de Comunicação do Prodest
Eric Lopes Menequini
(27) 3636-7159
comunicacao@prodest.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard