Governo do Estado do Espírito Santo
20/12/2022 08h04

Novos serviços do Detran|ES para capixabas contam com suporte do Prodest

Foto: Divulgação/Detran|ES

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) executou atualizações em sistemas utilizados pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES). As mudanças permitiram a disponibilização de dois novos serviços para a população.

Um deles é a conversão automática de multas leves ou médias em advertência por escrito, desde que sejam contempladas as regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A partir desse procedimento, é enviada uma carta ao motorista infrator sobre os benefícios concedidos que abrangem a exclusão do pagamento da multa e o cancelamento da perda de pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Essa modificação é resultado de ajustes feitos pela equipe do Prodest no sistema Detrannet, utilizado pelo Detran|ES, pelo Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo (DER-ES) e por prefeituras com o trânsito municipalizado.

Anteriormente, o cidadão precisava requerer no site do Detran|ES a conversão das multas leves e médias, em advertência por escrito. Desde o início de dezembro, esse processo passou a ser automatizado graças a uma consulta mais abrangente da base nacional de infrações de trânsito.

Nome social

Outra novidade é a inclusão do nome social, do pai e da mãe afetivos na emissão de uma nova CNH. Foram feitas adequações no sistema SIT-Renach para efetivar a mudança de acordo com os parâmetros estabelecidos na Resolução Nº 866/2021, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Para a inclusão do nome social, o operador de uma clínica habilitada ou do Centro de Formação de Condutores (CFC) deve enviar pelo SIT-Renach para o Detran|ES a cópia digital atualizada da identidade do cidadão. A partir do tratamento das informações pelo órgão estadual de trânsito, é possível inserir os dados atuais na nova CNH e no prontuário do condutor ou da condutora.

“É muito positivo quando conseguimos usar a tecnologia para tornar o serviço público mais ágil e próximo do cidadão. As equipes do Prodest e do Detran|ES fizeram um excelente trabalho, pois mostra como a TI é capaz de agregar valor à sociedade”, afirmou o presidente do Prodest, Marcelo Cornélio.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação do Prodest

Eric Lopes Menequini/Nicholas Abreu

(27) 3636-7159

comunicacao@prodest.es.gov.br

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard