04/06/2018 17h07

Mais de mil servidores estaduais têm avaliações automáticas do estágio probatório

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) participou da informatização do processo de avaliação de estágio probatório dos servidores efetivos do Poder Executivo do Estado. Até o final de maio, 1.116 funcionários públicos estaduais foram atendidos por esse novo modelo de avaliação.

Para a automatização desse processo, o Prodest criou funcionalidades no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos do Espírito Santo (Siarhes). A iniciativa foi realizada, em conjunto, com a Secretaria de Estado e Gestão de Recurso Humanos (Seger).

Os novos recursos permitem que sejam feitas de forma automática as seguintes atividades no Siarhes:

- inserção de dados dos servidores nos processos;

- contagem dos períodos de avaliação (realizada a cada 6 meses até chegar a 3 anos de serviço efetivo);

- geração de informações dos setores e gestores envolvidos em cada período de avaliação do servidor.

As avaliações são feitas pelo Portal do Servidor (www.servidor.es.gov.br), onde estão disponíveis o questionário de avaliação e os resultados de cada período avaliado.

No portal, o preenchimento de dados e das informações é on-line. Anteriormente, o processo era feito de maneira manual, utilizando formulários impressos e processos em papel. Com o novo modelo de avaliação do estágio probatório, o setor público tem como principais vantagens:

- melhoria na gestão do processo;

- agilidade na execução e na concessão de direitos e vantagens aos servidores;

- eliminação do uso de formulário em papel;

- menos erros de operacionalização durante o processo;

 - otimização das atividades dos servidores dos RHs nos órgãos.

Também é gerada pelo Siarhes a publicação do Ato de Estabilidade, que torna o servidor estável ao atingir 3 anos na administração pública estadual.

Para o presidente do Prodest, Paulo Henrique Rabelo Coutinho, a automação do processo de estágio probatório é um avanço importante para a administração pública estadual. “Fazer com que as atividades do Governo sejam executadas com mais eficiência, rapidez e qualidade é uma das nossas metas principais. Inegavelmente, a TI é fundamental para reduzir a burocracia”, enfatizou.

 

Informações à Imprensa:

Eric Lopes Menequini / Prodest

(27) 3636-7173

comunicacao@prodest.es.gov.br

 

 

 

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard